Post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

By SaltoNaComputação
Nós do Salto Na Computação marcamos presença no 2 Encontro de Teste de Software Ce, organizado pelo Grupo de Teste de Software do Ceará – GTS-CE, e trouxemos uma super entrevista com Gabriela Linhares.
Gabriela Linhares é pós-graduanda em Engenharia de Software com experiência de 3 anos como programadora em C, C++, Java p/ Web, C#, e .NET e 4 anos nas áreas de testes e requisitos. Certificada CSPO , trabalhou no Instituo Atlântico, Capgemini (BNB /TJ), e foi pesquisadora em Cloud Computing na UQÀM (Universitée du Quebéc à Montreál) em Montreal, Canadá. Atualmente, desempenha funções de Analista de Requisitos, Testes e Métricas de Software na VTI Tecnologia, atuando na liderança de projetos da empresa para órgãos públicos de alguns estados do país.

Sandy (Salto Na Computação): Gabriela, você pode se apresentar?Gabriela Linhares: Trabalho com análise de requisitos, testes e estou me tornando analista de métricas. Estou fazendo cursos na VTI para aprender a medir o tamanho de um software.Sandy (SNC): O que são métricas de software?Gabriela Linhares: São unidades usadas para medir o tamanho de um sistema. Hoje, no Brasil, usamos pontos de função. Ponto de função nada mais é que a medida de uma funcionalidade. Existem outras técnicas como pontos de caso de uso (TUCP) em que contamos por transações no banco de dados, persistencia e a volta, isso acaba trazendo uma métrica de quantas funcionalidades existem daí podemos ter uma idéia do tamanho do sistema. O ponto de função usa a mesma idéia, entretanto ele não se prende a uma tecnologia, apenas as funcionalidades que foram levantadas na análise do requisito.Sandy (SNC): Quais as principais métricas de testes de software?Gabriela Linhares: Pontos de função, TUCP, contagem de linha de códigos (ultrapassado).Sandy (SNC): Após gerenciar e estimar o defeitos, como mensurar essas atividades?Gabriela Linhares: Depende não só da análise dos requisitos do negócio mas, também, do planejamento de teste. Geralmente, essas atividades são mensuradas pelo gerente de projeto ou pelo gerente de testes. Em que é verificado a equipe disponível, quais os recursos, qual a produtividade dessa equipe (geralmente não temos essa métrica fácil), temos que verificar toda uma base histórica e/ou verificar se a empresa tem uma métrica de produtividade.Sandy (SNC): Gabi, você quer deixar algum recado para a galera do blog?Gabriela Linhares: Bom, principalmente para as meninas (risos)… Pessoal, estudem bastante a parte de lógica de programação que nos da a base. Meninas sejam coders, sejam sim boas programadoras. E se não for o perfil e quiser entrar para a área de requisito, para a área de teste, aprendam a ler um bom código, aprendam a sugerir melhorias nesses códigos e estejam sempre atualizadas. Isso é o que nos faz crescer e estar bem dentro da nossa profissão independente da área que escolhermos.Por Sandy Maciel

Source: http://www.saltonacomputacao.com/2014/04/entrevista-com-gabriela-linhares.html

Category: Entrevistas, Eventos, gabriela linhares, GTS-CE, metricas, requisitos

Você também pode querer ler

Comments are off for this post.