Post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

By SaltoNaComputação
O desafio atual é entregar produto de qualidade em curto prazo. Para os clientes toda funcionalidade, melhoria ou correção é urgente, e para atendê-los com agilidade é imprescindível melhorar e automatizar processos diminuindo a burocracia.Tendo essas necessidades em vista, vamos falar um pouco sobre como implantar o processo de testes automatizados.Os líderes e o time precisam estar juntos e comprar a idéia de que a meta é entregar produto de qualidade. Para isso será importante:
Testes unitários;
Integração contínua;
Testes funcionais;
Testes de regressão;
Testes de carga;
Dentre outros, que o time julgue necessário ao projeto e plataformas utilizadas.
Quanto mais testes automatizados, mais tempo os testadores terão para garantir: o prazo da entrega do produto com qualidade, documentações e regras de negócio.O primeiro passo para implantar algo novo na empresa é estudar, ser “conhecedor do assunto”, então é importante responder alguns questionamentos para apresentar para o time:
Quais os benefícios que o time terá após aplicação do novo processo?
Pesquisar algumas estatísticas
Depoimentos de grandes empresas que já aderiram ao processo
Essa implantação vai melhorar a produtividade do time e o produto?

Determine o escopo e o prazoDevemos reconhecer que implantar qualquer processo novo requer um planejamento, portanto deve ser reconhecido como um projeto, ou seja, é imprescindível determinar o escopo e um prazo.Para isso, você pode levantar os seguintes pontos:Onde o time está e onde quer chegar?Exemplo: Início: Mar/2014Meta: Automatização de funcionalidade básicas e fluxos reutilizáveisFoco: testes de regressãoPróximos passosMeta: Set/2014Automatizar funcionalidades mais críticas dos sistemasIncorporar o desenvolvimento dos testes funcionais automáticos às sprints, isso levando em consideração que você trabalha com metodologias ágeis.O que será automatizado?Exemplos de testes candidatos: testes de funcionalidades críticas, tarefas repetitivas, cálculos matemáticos, testes de regressãoExemplos de testes candidatos a execução manual: funcionalidades que exigem inspeção visual, funcionalidades pouco utilizadas, como layout de relatórios; testes que exigem maior “criatividade“ para serem executados como workflow mais complexo.O que é mais crítico e o que gera mais suporte?É importante fazer um levantamento do que é mais crítico levando em consideração o negócio, onde são encontrados mais problemas nos testes manuais para propor como escopo inicial para implantação.Escolhendo a ferramentaAnalisar ferramentas que estão sendo usadas no mercado para a plataforma do software que será testado;Fazer uma prova de conceito para avaliar junto com o time, qual ferramenta se adequa mais a necessidade do projeto, tem mais benefícios, o reuso é melhor, possibilita automatizar em menos tempo;Levantar os benefícios;Se possível visitar companhias que utilizam a ferramenta;Ferramentas que estão sendo utilizadas no mercado atualmente: Selenium, TestComplete, Watir, Rational Funcional Tester, Visual Studio Test Professional, QTP HP.Definir a linguagem de scripts que será utilizada para automatizaçãoO que a equipe conhece?Se a equipe de qualidade não programa, é importante ter alguém do time de desenvolvimento para ajudar na implementação dos scripts de teste, pois caso o time de qualidade tenha dificuldades, o tempo de teste será maior, poderá atrasar a entrega do produto, podendo desmotivar o time.E se o time consegue elaborar os scripts após um treinamento, investir nesse treinamento trará agilidade na implantação do processo.Você pode eleger alguém do time para realizar esse treinamento e nivelar o time de Qualidade.Vale ressaltar que não adianta adquirir ou querer implantar qualquer ferramenta sem conhecimento.Para implantar qualquer ferramenta é necessário: treinamento com a ferramenta e linguagem, nivelar o time e ter sempre um membro técnico a disposição do time. E quando eu incluo o processo de automação de teste no dia-a-dia do desenvolvimento do produto?As atividades de automação devem fazer parte da meta do time de Qualidade e devem ser incluída aos poucos ao processo para que tenha continuidade e não apenas sobrecarregue o time e seja deixado de lado, assim o time elege o que vai implantar, delega tarefas que sejam suficientes na Sprint e que sejam gerenciadas.Por Liliana Carrha

Source: http://www.saltonacomputacao.com/2014/02/implantando-um-processo-de-testes.html

Você também pode querer ler

Comments are off for this post.