Post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

By Cintia Armesto Você lembra do conceito de “Pangéia” visto nos conteúdos de Geografia? Se não lembra dá uma rápida olhadinha pois logo saberá o que ela tem a ver com o post de hoje. Trocar idéias, conceitos, conhecimentos na área da computação é essencial. Obviamente em outras áreas também, mas o que acontece na nossa area é que as coisas acontecem rápidas demais, e mudam com muita facilidade. Parecido com o que acontece com a moda, aquilo que ontem era tendência hoje não é mais e aquilo que era mega estranho, como as roupas que as modelos usam nos desfiles, passa a ser o usual.É preciso estar antenado ao que está a acontecendo e em constante contato com pessoas do meio para não ficar descompassados ao que se passa ao redor. Hoje é muito mais fácil encontrar pessoas que estão dispostas a colaborar e isso vem sendo facilitado com o networking criado inclusive pelas redes sociais.Recente havíamos feito um ciclo de conversas sobre testes aqui na RBS onde falamos como se estava trabalhando a qualidade nos nossos times, dessa movimentação surgiu a oportunidade de ir até a DBServer e trocarmos idéias com eles. Vimos como eles desenvolvem a qualidade no Test Center deles e tiramos várias idéias interessantes que podem ser aplicadas nas mais diversas áreas.Ganhamos muito com isso! Conhecemos pessoas podemos compartilhar problemas e encontrar juntos a solução para eles. Não há porque ter medo de compartilhar idéias, ferramentas, métodos que estão dando certo. Só tem medo de partilhar quem tem medo de perder prestígio. E nesse mundo colobarativo que vivemos, como estamos preparando a próxima geração para trabalhar nele? Em um dos muitos HotSpots que temos aqui, um engenheiro do Google, que não me recordo o nome, falou exatamente disso. Fomos educados pelas instuições de ensino a sermos individualistas, a não compartilhar soluções, a não fazer cópias. Ao chegar no ambiente de trabalho temos que passar por esse paradigma e temos que partilhar ideias, copiar códigos e melhorá-los, conviver e encontrar soluções juntos para problemas.Deixamos de ser ilhas, passamos a compor arquipelagos, que logo se tornarão continentes. É o fenômeno inverso do que aconteceu a Pangéia, e quanto mais você se agitar, mais sua placa tecnotônica vai se mover, e o movimento deve ser de atração, para que você se junte a pessoas e troque ideias!E ai você vai movimentar suas placas ou vai esperar que o movimento das outras torne você cada vez mais ilha e menos continente?

Source: http://guriatech.blogspot.com/2013/01/pangeia-digital.html

Category: colaboração

Você também pode querer ler

Comments are off for this post.