Post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

By Luiz Gustavo Schroeder Vieira Quando o ser humano evoluiu da condição de nômade a sedentário apareceram as primeiras comunidades permanentes e tivemos as primeiras construções com barro e pedras. Nesse momento, nascia o primeiro Engenheiro da humanidade, há aproximadamente oito mil anos. Atualmente a Engenharia Civil atingiu um nível de excelência capaz de construir prédios de 100 andares e túneis com mais de 50 km construídos abaixo das águas do mar.Já quando falamos de computadores, podemos citar o ENIAC, primeiro computador da história, construído em 1946. O desenvolvimento e a necessidade de software em grande quantidade surgiram décadas depois, com a popularização do computador pessoal. A partir das dificuldades em construir sistemas, surgiram os processos de desenvolvimento de software.O primeiro processo formal de desenvolvimento de software foi criado em 1970, o modelo em Cascata. Depois vieram vários outros, dentre eles, o destaque para o RUP (Rational Unified Process). A “moda” atual é a utilização de Metodologias “Ágeis”, onde o SCRUM se tornou a febre do momento nas empresas de tecnologia.Vem se tentando encontrar um processo ou metodologia que melhore a produtividade e a qualidade do software. Uma metodologia que resolva os problemas atuais: Cronogramas atrasados, Clientes insatisfeitos, Programadores, Analistas e Gerentes de Projetos estressados, orçamento estourado, horas extras, madrugadas e finais de semana adentro, alta rotatividade de profissionais, dentre outros problemas. A grande maioria dos tomadores de decisão da área, desesperados por uma solução, contratam pseudo-consultores para implantar uma metodologia ou um processo dentro das em suas empresas. Como disse anteriormente, a febre atual é o SCRUM. Hoje atuando como Diretor de Projetos da LUGATI, empresa especializada em outsourcing para empresas de tecnologia, a cada visita a meus clientes encontro um novo layout na empresa: Murais e paredes tomadas por post-it colados com um monte de anotações sobre tudo e sobre todos. A onda está aí e está todo mundo tentando surfar nela: promover reuniões onde todas as pessoas obrigatoriamente tem que ficar de pé, as chamadas stand-up meetings, são a salvação do mundo.Outro dia, passando pelo corredor da empresa de um dos meus clientes o indaguei: E se der uma ventania aqui dentro da empresa e todos estes papéis e anotações voarem, o projeto acaba? Fiquei sem resposta, recebi apenas um sorriso amarelo e constrangedor. Há pouco mais de 12 anos, quando estava iniciando na área, a moda era a UML (Unified Modeling Language). O analista precisava criar no mínimo doze documentos para detalhar o que o usuário do software queria e como o programador precisava escrever o código. O problema é que quando a documentação ficava pronta, de tanto tempo que havia se passado a tecnologia do momento já era outra e o projeto ultrapassado.Então, qual é a solução? A solução é a evolução. Simples assim, existe somente uma solução e esta não pode ser vendida pelos pseudo-consultores: A evolução que só pode ser alcançada com o passar do tempo. Qualquer metodologia ou processo que for apresentada pode funcionar para uma empresa ou projeto, mas pode, sob as mesmas circunstâncias, ser um fracasso com outra equipe ou outro projeto. O desenvolvimento de sistemas possui poucas décadas, todos os envolvidos no processo de desenvolvimento, incluindo os usuários, não tem maturidade suficiente para tratar o assunto. No momento a melhor solução é a sensatez. Evite extremismos, fique longe dos ‘evangelistas’ de certas tecnologias, metodologias ou processos. Não abra a porta para qualquer consultor, só porque ele possui um título com várias siglas. Estude e leia sobre os processos, entenda os cases de sucesso e insucesso, absorva o máximo de informações disponíveis no mercado e tente utilizá-las da melhor maneira dentro da sua empresa ou projeto. Aprenda com os erros, saiba ouvir a sua equipe, pois esta é muito mais importante do que a metodologia da moda. Junte todos estes ingredientes e adote uma metodologia ou processo que você e sua equipe acreditam que dará resultado. Utilize todas as informações possíveis e tome a sua decisão, pois se você for o Gestor do Projeto, o sucesso ou o fracasso deste será sua responsabilidade.by Tiago Schraiber

Source: http://www.testavo.com.br/2012/02/software-so-evolucao-salva.html

Você também pode querer ler

Comments are off for this post.