Post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

By [email protected] (Maira Stella da Silva)
Olá pessoal,
A observação do usuário interagindo com o sistema é uma técnica muito eficaz quando existe a necessidade de melhorar a usabilidade de interação entre o usuário e o software.
É importante selecionar usuários com níveis de conhecimentos diferenciados, e principalmente, focar nos perfis de usuários que mais farão uso do sistema. Por exemplo, se o sistema será disponibilizado para consultas de produtos em supermercados, os perfis de usuários são abrangentes, mas provavelmente o público maior serão donas de casas que tem pouca familiaridade com tecnologia. Depois de definir os perfis dos usuários para a técnica de observação, é necessário preparar o ambiente. Certifique-se de que o sistema esteja funcionando corretamente, e garanta as condições necessárias para que a cobaia, ou melhor, o colaborador, possa se sentir a vontade. Outra etapa que pode ser incluída na preparação do ambiente é a elaboração de scripts contendo tarefas. Com os scripts elaborados é mais fácil de identificar em que parte do sistema há mais dificuldade de interagir, e o usuário não fica sem rumo, clicando na primeira opção que aparece. A tarefa pode ser: “cadastre-se no site” e durante a técnica, o observador detecta se o usuário demorou para achar o botão para se cadastrar ou se a tarefa como um todo demorou muito tempo para ser concluída.
Agora você já tem os usuários, o ambiente e os scripts, então o próximo passo é iniciar a técnica de observação. Durante a observação, o ideal é que o observador não interaja com o usuário, evitando influenciar ações que normalmente seriam tomadas sem a ajuda de alguém. Além do observador detectar as principais dificuldades, é necessário anotá-las, para posteriormente reportar ao setor de webdesigner e desenvolvimento, para que sejam realizadas as alterações necessárias.

Com a imagem do mapa mental abaixo, é mais fácil de visualizar o processo.

A técnica é simples, e o tempo de conclusão depende do tamanho do script e do tamanho do sistema. Mas o mais importante nessa técnica, é o fato de poder identificar o que pode ser feito para melhorar a qualidade do sistema, conforme as reais necessidades e conhecimentos dos usuários. Para quem está muito familiarizado com o sistema, não faz diferença se um botão está posicionado discretamente, enquanto deveria ter mais destaque.

Clicando aqui você poderá conferir uma entrevista feita com a antropóloga britânica Charline Poirier sobre um estudo de usabilidade no Ubuntu, conduzido aqui no Brasil.

Source: http://themonsterbug.blogspot.com/2012/01/usabilidade-tecnica-de-observacao.html

Category: processo de testes, técnica de observação, usabilidade

Você também pode querer ler

Comments are off for this post.