Post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

By [email protected] (Maira Stella da Silva)
Imagine que você tenha a máquina do tempo DeLorean, do filme “De Volta para o Futuro”, mas ainda não sabe como programá-la para viajar no tempo. Então você acessa o Google e pesquisa o seguinte: “como voltar no tempo com DeLorean”.

Clique em “Eu estou com sorte” e de maneira prática e rápida você encontra um tutorial explicando o procedimento necessário. Depois de muita preparação e estudo você programa a máquina do tempo para voltar para o ano de 1998. E então, você revê o jogo em que o Brasil perdeu para a França na Copa do Mundo, e se arrepende profundamente de ter escolhido esse ano. Desesperado, você tenta voltar para o futuro, mas infelizmente, o tutorial foi esquecido, obrigando a realizar a pesquisa novamente. Você abre seu navegador Opera (Firefox surgiu apenas em 2004, e Internet Explorer está fora de cogitação), digita o endereço do Google, e o navegador exibe a seguinte tela:

Independentemente do ano, o Google é um exemplo de simplicidade e usabilidade. É claro que fazer pesquisa é muito fácil, mas todos os aplicativos e sistemas, como o Chrome, Google Earth, Gmail, possuem a mesma lógica de funcionamento, um mesmo padrão de interação entre usuário e interface, focando principalmente em proporcionar facilidade para qualquer tipo de usuário. Sim, eu tenho uma paixão platônica pelo Google.

Ainda viajando no tempo, em 2000, ao acessar o site do Submarino você veria essa imagem (clique na imagem para ampliar):

E comparando com a o site atual do Submarino, é possível claramente perceber alterações na questão de usabilidade, principalmente porque o site é uma substituição do vendedor.

Na versão atual é possível perceber que:

– O campo de “Busca” ganhou muito mais destaque;
– O botão “Meu Carrinho” é de rápido e fácil acesso;
– Promoções e informações interessantes aos consumidores também ganham destaque na tela inicial;
– Central de atendimento ao cliente por telefone está no topo do site, agregando valor ao fator “Atendimento eficiente ao cliente”;
– O menu ficou subdivido e não ocupa tanto espaço;
– O site exibe os últimos produtos visualizados (mesmo se você não estiver autenticado no site);
Enfim, é uma série de fatores que sem perceber, facilitam a aceitação do usuário. Entretanto, eu ainda acho que contém muita informação (mas é só a minha opnião).

O que nós podemos constatar é que a preocupação em facilitar o convívio do usuário com o sistema é um ponto determinante para que ele continue acessando seu site. E o usuário busca facilidade!

Para quem quiser brincar de voltar no tempo, visualizando os sites desde sua criação e suas alterações ao longo dos anos, poderá acessar o site http://web.archive.org/.
E só por curiosidade, durante a pesquisa de alguns dados, eu descobri que o site mais antigo do mundo é esse: http://symbolics.com/, criado em 1985.

Source: http://themonsterbug.blogspot.com/2011/09/usabilidade-e-maquina-do-tempo.html

Category: qualidade de site, usabilidade; usabilidade no google

Você também pode querer ler

Comments are off for this post.