Post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

By eliasnogueira
Olá pessoal!Esta semana vou postar algumas coisas sobre os novos plugins do Selenium IDE, e esse será o primeiro abordando os dois plugins abaixo.
Highlight Elements

Este plugin dá um “flash” em amarelo quando estamos executando um script sem a necessidade de colocarmos o comando highlight.Ela adiciona o botão Highlight element na barra do Selenium IDE. Pressionando o botão os highlights são ativados.Ele funciona bem para algumas coisas, mas para outras não. Por exemplo: tente automatizar o próprio site do SeleniumHQ clicando em cada aba (Project, Download, Documentation, Support e About). O highlight será dado em um canto que não é a aba… Isso pode acontecer em alguns casos.Achei o plugin interessante, mas prefiro utilizar o próprio comando highlight.Link para download: https://addons.mozilla.org/en-US/firefox/addon/228386/Autor: Samit Badle
Test Suite Batch Converter

Esse plugin eu gostei! Ele exporta suas Suites de Teste, incluindo os Casos de Teste que estiverem nelas, em arquivos no formato de exportação que você escolher e o Selenium suportar (Java, Groovy, C#, Pearl, PHP, Python e Ruby)Exemplo: eu tenho um total de 8 Suites de Teste, que contém ao total 17 Casos de Teste.Eu seleciono o menu File/Batch converter tests suites… e seleciono a linguagem de programação.O Selenium me pede o diretório onde serão exportados os arquivos e depois que seja selecionado as Suites de Teste. No final é apresentado uma tela informando o total de Suites e Casos de Teste criados.

Após isso basta ir ao diretório que todas as Suites de Teste selecionadas estarão convertidas e os Casos de Teste também.

Atenção: apesar de você poder selecionar qualquer arquivo html para a conversão, ela só funcionará com suites.
Link para download: https://addons.mozilla.org/en-US/firefox/addon/197691/
Autor: Samit Badle
Por enquanto é só pessoal! Abraços!

Source: http://eliasnogueira.com/novos-plugins-do-selenium-ide-parte-1/

Category: automacao, selenium

Você também pode querer ler

Comments are off for this post.