Post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

By Eduardo Gomes
Aconteceu recentemente no DFTestes, uma boa discussão sobre o futuro do Teste de Software e gostaria de compartilhar com os leitores do Base de Teste a minha visão sobre esse tema.

Vejo o mercado de testes de software crescendo com muita velocidade nos últimos anos.
Há 3 ou 4 anos atrás, poucas empresas tinham equipes de teste independentes bem estruturadas. Hoje vemos essa estrutura se multiplicar, tanto em empresas que trabalham com desenvolvimento, como naquelas que utilizam os serviços de fábricas de teste para validar as aplicações desenvolvidas por terceiros.

A terceirização de serviços de teste é uma forte tendência, complementando a capacidade de teste interna das organizações. A especialização conseguida com as estruturas de fábrica trazem muitos benefícios para o contratante, principalmente na escalabilidade no atendimento de suas demandas e na independência dos testes em relação ao desenvolvimento.

Com esse mercado aquecido, as empresas investirão maior esforço na seleção de seus times, pois aquelas que estiverem melhor estruturadas, vencerão a corrida pelos melhores contratos. Por outro lado, os profissionais de teste também deverão investir mais em sua empregabilidade. Nesse aspecto, as certificações serão um grande diferencial, principalmente aquelas que conseguirem distinguir profissionais com maior conhecimento e experiência.

Venho comentando há tempos com alguns colegas, que o teste é o carro chefe para a melhoria de muitos processos. É um processo que catalisa uma mudança cultural nas organizações, na direção de uma busca contínua pela qualidade.

É bonito ver isso acontecendo com a nossa área e saber que fazemos parte desse movimento!

Source: http://basedetestedesoftware.blogspot.com/2010/02/o-futuro-do-teste-de-software.html

Category: Teste de Software

Você também pode querer ler

Comments are off for this post.