Post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

By eliasnogueira
Em um debate no curso de Extensão em Gerência de Teste de Software que estou fazendo na UFLA um tópico aberto pelo professor André Grutzmann foi bem interessante: “Discussão sobre a situação de desenvolvimento de software hoje em dia.”
Vou colocar minhas considerações sobre a análise dessa situação e colocar também considerações muito importantes de outros colegas.
O desenvolvimento de software hoje em dia vem se tornando cada vez mais rápido e com maior qualidade do que antigamente.Parte disso deve-se ao fato de muitas linguagem possuírem frameworks que, de uma certa forma, dão velocidade ao desenvolvimento e uma maior qualidade, pois trazem as boas práticas de desenvolvimento dentro delas.As IDE’s também tem um papel importante nisso, pois cada vez estão mais automatizadas e integram diversas ferramentas de qualidade, como qualidade de código (debugger e testes unitários) e até mesmo testes funcionais e performance (caso do Visual Studio).
Os clientes também estão cada vez mais exigentes nas três restrições de gerenciamento de projetos: prazo, custo e qualidade.
Frente a toda concorrência e velocidade de entrega de aplicações, muitas empresas (geralmente de médias a grandes) contratam pessoas em um curto espaço de tempo para desenvolverem uma aplicação para o cliente. O que acontece em muitos casos é que ou a aplicação demora muito para ser entregue (restrição de prazo e as vezes de custo) ou é entregue no prazo (porém com a restrição de qualidade afetada).
Existe até uma tendência que podemos visualizar no mercado atual: pequenas empresas conseguem entregar um projeto no prazo correto, no custo previsto e com qualidade. Isso pode ser deduzido em pessoal treinado, motivado, entrosado e poucos clientes na empresa.
Já empresas de médio porte geralmente possuem problemas com algumas destas restrições, pois possuem mais projetos para gerenciar e desenvolver, e muitas vezes não possuem profissionais para o projeto.
Podemos ver claramente alguns dados do cenário atual de empresas de desenvolvimento pelo:

Site do MPS.BR: http://www.softex.br/mpsbr/_livros/resultado_desempenho.asp

Site da MCT

http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/3248.html
http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/2144.html
http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/2833.html
http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/3247.html

Apresentação sobre mercado de teste: http://www.slideshare.net/elias.nogueira/o-mercado-de-teste-de-software-presentation

Há também a mudança natural da melhoria dos processos que guiam o desenvolvimento de software, como a apresentação e adoção de metodologias ágeis como XP, Scrum, BDD e outras que, mesmo que um certo tempo de existência, estão se tornando uma boa alternativa ao desenvolvimento com qualidade.
Apesar de vermos que a adoção de uma metodologia ágil aplicada corretamente pode trazer diversos benefícios, muitas empresas com uma certa bagagem de mercado ou fora desta realidade seja resistentes a tais mudanças. A tendência é que empresas novas ou com pessoas com a mente aberta a mudanças dente a apresentar um produto com mais qualidade e até com comprimento de prazos. Esta foi a visão colocada por Jhonatan Fernando de Oliveira.
Também há uma movimentação para o avanço da Engenharia de Software, com novas atualizações para seguir os novos padrões de mercado, surgimento de novas tecnologias, modelos, normas e padrões de avaliação para o processo de desenvolvimento de software. Essa foi a visão dada por Andressa Nogueira Fonseca.
Fabio Teixeira Lobato nos lembrou de algo muito impotante: a evolução crescente de todas tecnologias voltadas para a engenharia de software como a evolução nas linguagem de programação e os SGDB’s.
Abraços!

Source: http://eliasnogueira.com/situacao-do-desenvolvimento-de-software-com-visoes-de-qualidade-de-software/

Category: dicas, diversos, geral

Você também pode querer ler

Comments are off for this post.