Post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

By eliasnogueira
Bom, este post foi motivado por um post de um blog chamado TestSquad que fala sobre as “5 razões para não gostar da certificação” (5 Reasons Why Software Certifications Suck), disponível em: http://www.testsquad.org/2009/04/5-reasons-why-software-certifications.html
Bom, inicialmente vou fazer um resumo do que este blogger colocou em seu post:Segundo o autor a certificação em software é um certificado que você recebe como resultado de ter passado no exame, medindo o quanto você conhece sobre aquele assunto que está prestando certificação. 10 anos depois, o autor pensa que prestar certificação é um desperdício de tempo. Segundo ele existem 5 razões para isso:

Qualquer pessoa pode passar!Segundo o autor qualquer um pode passar e achar o conteudo de provas (simulados) na internet, e cita empresas como Sun, IBM e Microsoft) como máquinas caça-níqueis, não se preocupando em atualizar as perguntas as provas, mas de colocar a idéia de quanto mais gente faz, mas lucro elas geram

O google não liga para a certificaçãoAqui ele coloca que muitas empresas do Vale do Silicio não ligam muito para a certificação quando te entrevistam. Ele coloca que em uma entrevista para a Microsoft, eles estavam mais preocupados com suas aptidões e pensamentos lógicos do que com uma certificação

InjustiçaAqui ele coloca, como forma de injustiça uma entrevista de emprego onde você é um verdadeiro geek contra outro candidato com 10 certificações, e ele diz que o candidato com 10 certificações será contratado.

Certificação é um controle remotoSegundo o autor, quando você cair na armadilha da certificação, você ficará obscecado por por tirar mais certificações e se tornar um guru naquele campo. Diz que você será apenas um pedaço de lixo e não servirá para realmente resolver problemas.

Os melhores não são certificadosEle fala que a maioria dos melhores programadores não são certificados porque não tem tempo pra isso (creio pelo fato de serem muito ocupados ou “bons demais”). E cita dois programadores (tiõzoes) com origem da Apple que não são certificados.

Bom, resolvi colocar meu contraponto, meu pensamento e minha idéia para a nossa realidade (numerados como acima):
1. Sim! Qualquer pessoa pode passar, mesmo que ela nem sequer tenha experiência na área. Eu também acho isso meio “ruim”, uma vez que uma pessoa que não tem experiência praticamente “decora” o conteudo, presta a prova e passa. Mas uma amiga me abriu a mente e até que fez sentido: a pessoa sem experiência que “decora”, na verdade está aprendendo, e aprendendo os conceitos certos e, com uma certificação na mão, mesmo sem experiência demonstra muito interessa na área, não somente tentar pegar carona na onda.Sobre os “caça-níqueis” eu discordo, hoje praticamente toda a empresa de TI que gera serviços ou sistema possui certificação para assegurar que aquela pessoa certificada conhece, de maneira correta, sua tecnologia e/aplicação.
2. Olha, dizer que empresas de grande porte não ligam pra certificação, deve ser só na China que ocorre…. rsrssrsrsrs. Aqui eles olham sim, e quando não é mandatório é muito desejável. Falaremos mais daqui a pouco.
3. Existe injustiça sim e não. Se você é um candidato a uma vaga de emprego, certamente a certificação tem um peso, mas você também faz provas técnicas sobre aquele assunto. E outra, uma pessoa com inúmeras certificações não é especializado em nada.
4. Obscedado você fica, mas isso não quer dizer que você não vai saber resolver problemas. Resolução de problemas se aprende no dia-a-dia, não existe certificação para isso. Mas cada certificação comprova que você, no mínimo, conhece sobre aquele assunto e pode ter certa autoridade em discutí-lo.
5. Se lá os melhores não são certificados, bom pra eles. Claro que um veterano de 50 anos não precisa prestar uma prova de certificação porque o cérebro dlee já tem calo de tanto trabalhar e pensar em coisas da sua especialidade. Mas já ví (não se se são os melhores) muitas pessoas por volta desta idade tirando certificação sim.
Bom, em resumo eu vejo que a certificação é muito importante sim, e que temos que busca-la. Isso é tanto uma garantia do empregador que você conheça daquele assunto/especialidade, tanto para você aprender e reciclar seu conhecimento, uma vez que diversas provas de certificação expiram.Em geral as provas também tem seus níveis de dificuldade, sendo a maior geralmente a aplicação de um projeto, então prova que você não somente decorou (rsrsrs), mais sabe aplicar o que você aprendeu e vivencia.
E você, já tem alguma cetificação? Tem alguma em teste?O que lhe motivou a tirar uma certificação?
Bem, começando aqui, eu busquei a minha primeira certificação em teste na QAI, sendo ela a CSTE por dois motivos básicos:

Certificação interacional, por uma instituição renomada no mercado, onde traz conceitos atualizados e alinhados com o mercado
O nível de dificuldade da prova, por ela não ser somente objetiva. na CSTE existem 1o questões dissertativas, e isso desbanca uma grande maioria que somente decora o conteudo. Isso prova que você realmente entende do assunto.

Se você quer conhecer mais sobre as certificações de Teste de Software sugiro você ler o post do Fabio Martinho no TestExpert: Guia Completo para Certificações em Qualidade e Teste de Software – Versão 2008 Abraços!

Source: http://eliasnogueira.com/porque-a-certificacao-e-importante/

Category: blogs, diversos, geral

Você também pode querer ler

Comments are off for this post.